17 outubro, 2010

Ready, Set, Shot...

Viagens de três horas dão para muito mais do que pensar nos problemas da vida, dão para supor, dão para criar cenários possíveis, cenários impossíveis, pensar no passado, no presente e no futuro, mas estando já habituado a este tipo de pensamentos não consigo prever aquilo que a minha mente me reserva, e muitas das vezes não consigo controlar aquele tipo de pensamentos que apesar de não os querer ter, acabo sempre por passar por eles.
Estas viagens são como uma introspecção de toda a minha vida, obviamente não consigo passar por todos os pormenores, mas é bom poder reviver ou tomar algumas decisões com tempo e sem pressas.
Hoje foi um dia relativamente sossegado, senti-me mais forte que o normal, tanto física como mentalmente, o porquê eu não sei, mas foi bom, porque o dia correu lindamente. Sinto que esta força não será efémera, sinto que estou a mudar novamente, desde a muito tempo que não sentia o que sinto, e hoje senti que está na hora, algo pelo que esperava, algo que temia e da qual me afastava, mas a verdade é que só depende de mim para manter ou mudar a minha vida. Se isto é bom? Não sei, mas estou a fim de experimentar. O resultado final, não sei, mas também não quero saber.
Vai ser difícil aturar-me estes dias, estou com um pressentimento de que esta pessoa que está a escrever está com o ego bem levantado, o que significa sarilhos, ou melhor, animação, pura e dura, que venha ela, e que ninguém se meta á minha frente.
Por falar em meter á frente, já contei que sou uma pessoa com ideias fixas, e que quando quero algo acabo por tê-la, pois bem, os alvos estão traçados.

8 comentários:

  1. Tu és instável, micróbio, mas de ideias fixas. Um pouco como eu. Por isso ACHO que sei o quanto consegues ser teimoso naquilo que queres mesmo, o quanto consegues ter mau feitio se te criticam algo que queres muito, o quanto ficas irredutível se sabes que aquele é o caminho mesmo que venham todos dizer que não é.
    Dependendo dos objectivos que traçaste ( e vê bem o que escolhes para ti ), espero que continues com essa força no "achievement" deles. Acima de tudo, o mais importante é que não desistas nunca de ti, o resto existirá sempre por si só. Tem sempre em conta que a vida não é uma linha, é uma curva...
    Beijo e boa semana*

    ( se disse algo errado, corrige-me por favor )

    ResponderEliminar
  2. Não podias ter escolhido melhor a palavra, de facto sou mesmo muito instavel, mas de ideias fixas, pode parecer um contrasenso mas não é, a minha teimosia é suficiente para me fazer correr atras de tudo aquilo que acredito bem como saber desistir quando não tenho razão, é por isso que sou tão instavel, posso num momento acreditar com todas as forças que algo é correcto e no momento seguinte estar a pedir desculpa pelo mesmo.
    Desistir é algo que não faz parte de mim, muito menos das minha decisoes, e se decidi que é isto que quero então é isto que vou ter, poucas ou nenhumas pessoas sabem do que sou capaz de fazer para conseguir aquilo que quero, e acredites ou não sou mesmo muito determinado, nada me impedirá de ter aquilo que quero, tal como nunca nada me impediu até hoje, sempre que me atirei a algo.

    ResponderEliminar
  3. Então força. Que nada te demova. Só que, tem atenção ao teu lado afectivo. Não te tornes frio, ok?

    ResponderEliminar
  4. Já não sei até que ponto frio me tornei... acho que as situaçoes da vida me obrigaram a isso. Mas tenho feito por mudar isso.
    Obrigado e Boa semana

    ResponderEliminar
  5. Ser-se defensivo não pressupõe completa frieza. É no equilíbrio que está a virtude. Por isso é que no meu perfil falo disso, também eu a busco, toda a minha vida é uma busca.
    Boa semana também para ti. Beijinho*

    ResponderEliminar
  6. Todos procuramos algo, mas muitas vezes não sabemos muito bem o quê!

    ResponderEliminar